Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/24692
Title: Desenvolvimento de uma nova estratégia terapêutica para cancro da mama, envolvendo a acção combinada de terapia génica e quimioterapia.
Authors: Santos, Gabriela de Jesus Leão Pereira dos 
Orientador: Faneca, Henrique Manuel dos Santos
Lima, Maria da Conceição Pedroso de
Keywords: Cancro da mama; Terapia génica; Lipoplexos; Docetaxel; Vimblastina; p53; miT-1
Issue Date: 2013
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Excluindo o cancro da pele, o cancro da mama é o tipo de cancro mais frequentemente diagnosticado entre as mulheres, sendo a principal causa de morte por cancro neste género. Apesar dos recentes avanços nas estratégias terapêuticas convencionais para o cancro, a resistência a fármacos e os efeitos tóxicos secundários, frequentemente observados, têm limitado a sua aplicação clínica. Desta forma, urge o desenvolvimento de novas e eficientes estratégias anti-tumorais. Neste sentido, a terapia genética constitui uma estratégia promissora, devido à descoberta de novos alvos moleculares associados a uma doença, o que promove a oportunidade de criar novas técnicas terapêuticas, incluindo as que envolvem a p53 e microRNAs. Por outro lado, a investigação em terapia génica tem também estado focada no desenvolvimento de sistemas de transporte e entrega de material genético eficientes, sendo os complexos de lipossomas catioónicos/DNA ("lipoplexos") os mais promissores.Neste contexto, o principal objectivo deste trabalho foi criar uma nova estratégia para o tratamento de cancro da mama, consistindo na combinação de terapia génica e quimioterapia, com o intuito de proporcionar uma actividade antitumoral efectiva, com menos efeitos adversos. Assim, investigou-se a acção combinada de vimblastina ou docetaxel com estratégias de terapia génica envolvendo a expressão de p53 e/ou miR-1, mediada por lipoplexos, em células de adenocarcinoma mamário (linhas celulares MDA-MB-231 e MCF-7). Os resultados obtidos mostraram que a presença de vimblastina ou docetaxel durante a transfecção de células tumorais, com lipoplexos HSA-EPOPC:Chol/DNA (+/-) (4/1), resulta num aumento substancial da expressão dos transgenes luciferase e GFP. A presença destes fármacos também promove um aumento significativo da percentagem de células transfectadas. Observou-se também que a nova estratégia terapêutica, que combina quimioterapia com terapia génica envolvendo elevados níveis de expressão de p53 e miR-1, resultou num efeito anti-tumoral significativo in vitro. Por outro lado, iniciou-se o esclarecimento dos mecanismos envolvidos na acção terapêutica das estratégias desenvolvidas. A correlação entre o efeito terapêutico e os níveis de alguns alvos do miR e da p53, bem como stress oxidativo e vias de morte celular serão posteriormente investigadas, com o objectivo de contribuir para a clarificação dos mecanismos potencialmente envolvidos no efeito anti-tumoral induzido pela estratégia desenvolvida. Estas estratégias combinadas de terapia génica e quimioterapia poderão assumir uma grande importância em aplicações clínicas futuras, permitindo melhorias substanciais no prognóstico de cancro da mama e constituir uma nova plataforma para o desenvolvimento de estratégias inovadoras contra o cancro
Description: Dissertação de mestrado em Biologia Celular e Molecular. apresentada ao Departamento Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/24692
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Ciências da Vida - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Final_Gabriela Santos.pdf2.82 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 5

858
checked on Oct 15, 2019

Download(s)

61
checked on Oct 15, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.