Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/20812
Title: Satisfação corporal, auto-estima, autopercepção física e imagem dos instrutores de fitness
Authors: Carvalho, Ana Margarida de Almeida 
Orientador: Senra, Cristina
Keywords: Auto-estima; Imagem corporal; Fitness
Issue Date: 2003
Abstract: A imagem corporal e todas as preocupações que a envolvem tornaram-se no cerne da vida contemporânea, compreendendo assim que essas preocupações não sejam um processo individual mas sim colectivo dos tempos de hoje (Grande, 1997, citado por Pereira, 1999). O objectivo deste estudo assume como papel fundamental a imagem corporal dos instrutores de fitness, especificamente a satisfação corporal, auto-estima e autopercepção física, assim como a importância que estes atribuem a essa mesma imagem quando dão as suas aulas. A amostra deste estudo é constituída por 50 instrutores de fitness de várias modalidades, em que 25 são do sexo feminino e os outros 25 do sexo masculino. A média de idades é de 26,64 anos. Foram consideradas como variáveis dependentes a satisfação corporal, auto-estima e autopercepção física, e como varáveis independentes o sexo, anos de serviço e modalidade praticada. De forma a podermos abordar estes assuntos foi reunida uma bateria de questionários constituída pelos questionários de natureza biossocial (onde constavam, também, duas questões relacionadas com as estratégias utilizadas de forma a ultrapassar o cansaço e mau-humor e os aspectos de preocupação com a imagem durante as aulas de fitness), de satisfação corporal (Body Cathexis), auto-estima (Escala de Auto-estima de Rosenberg) e de Autopercepção física (Physical Self Perception Profile). Como grandes conclusões verificámos que o sexo masculino apresentou valores superiores ao sexo feminino relativamente à auto-estima e em três das dimensões da autopercepção física (condição física, aparência física e auto-estima física); à medida que aumentam os anos de serviço diminui a auto-estima; os instrutores de hidroginástica apresentaram uma auto-estima mais baixa que os instrutores de actividades de grupo e todos os instrutores de fitness se preocupam com a sua imagem quando dão aulas, sendo o factor fundamental de preocupação a roupa que utilizam. Uma das sugestões que propomos para futuros estudos nesta área é a de juntar à bateria de questionários utilizada a medição de pregas para medir a percentagem de gordura.
Description: Dissertação de licenciatura apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/20812
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia.pdf593.94 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

214
checked on May 21, 2019

Download(s) 50

225
checked on May 21, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.