Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/18202
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSeixas, Ana Maria Magalhaes Teixeira de-
dc.contributor.advisorCordeiro, António Manuel Rochete-
dc.contributor.authorNogueira, João Nuno da Cunha Martins-
dc.date.accessioned2012-01-23T14:04:18Z-
dc.date.available2012-01-23T14:04:18Z-
dc.date.issued2011-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/18202-
dc.descriptionDissertação de mestrado em Gestão da Formação e Administração Educacional (Organização e Gestão da Formação), apresentada à Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbrapor
dc.description.abstractEste trabalho de investigação apresenta uma reflexão sobre a existência de assimetrias no território educativo da cidade de Coimbra, que tem vindo a sustentar uma distinção algo negativa entre os colégios privados e as escolas públicas. A par destas assimetrias, as transformações na mobilidade e da rede de acessibilidades, alteram por completo a relação espaço-tempo, encurtando as distâncias e provocando importantes alterações dos padrões de mobilidade dos alunos, nas transformações demográficas e muitas das vezes na capacidade sócio-económica das famílias. Com estas dinâmicas constantes da população, surgem novas formas de competitividade entre as escolas, nos seus espaços de actuação e mesmo de algumas práticas de fidelização, originando implicações nos padrões de mobilidade dos alunos e a uma transformação dos fluxos laborais dos pais como dos fluxos escolares dos alunos, provocando desta forma alterações drásticas das áreas de influência e dos fluxos associados a cada estabelecimento de ensino. Por tudo isto impõe-se, naturalmente, um processo de reorganização do parque escolar nacional, no sentido de o tornar consentâneo, não só com a realidade actual, mas fundamentalmente com a prevista para as próximas décadas no nosso país.por
dc.description.abstractThis paper reflects on the differences within Coimbra’s educational territory, between private and public schools, that has been associated with a negative connotation. Along with these asymmetries, the relationship between space-time, due to changes in mobility and network access, changed completely, shortening distances and causing significant changes in patterns of student mobility, demographic changes and often, in families socio-economic capacity. These population dynamics, promotes new forms of competition between schools either in their performance or even by some students loyalty practices, making some changes in students mobility patterns and also their parents work flows, determining drastic changes within each school prompt area or flow. For all this, the national school system requires reorganization, in order to make it consistent, not only with its present reality, but mainly, for the coming decades in our country.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectEscola, Coimbrapor
dc.subjectMobilidade dos alunos, Coimbrapor
dc.titleOrganização territorial das escolas:dinâmicas dos alunos na cidade de Coimbrapor
dc.typemasterThesispor
degois.publication.locationCoimbrapor
degois.publication.titleOrganização territorial das escolas:dinâmicas dos alunos na cidade de Coimbrapor
dc.peerreviewedNopor
item.grantfulltextopen-
item.fulltextCom Texto completo-
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
João Nogueira.pdf6.25 MBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s) 20

482
checked on Jun 11, 2019

Download(s) 50

183
checked on Jun 11, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.