Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/1780
Title: Estratigrafia e paleobiologia do cenomaniano-turoniano: o significado do eixo da Nazaré-Leiria-Pombal.
Authors: Tonicher, Pedro Miguel Callapez 
Orientador: Soares, António Ferreira
Keywords: Estratigrafia e Paleontologia; Geologia
Issue Date: 27-Jul-1998
Citation: TONICHER, Pedro Miguel Callapez - Estratigrafia e paleobiologia do Cenomaniano - Turoniano : o significado do eixo da Nazaré-Leiria-Pombal. Coimbra, ed. aut., 1998, 478 p.
Abstract: A dissertação apresentada inclui o estudo estratigráfico da Formação Carbonatada, um extenso corpo sedimentar de natureza essencialmente calcária e de idade cretácica (andares Cenomaniano e Turoniano - cerca de 98 a 92 milhões de anos), que se distribui pelas regiões do Baixo Mondego e da Nazaré-Leiria-Ourém. Estas duas regiões estão separadas por um importante eixo de fracturação NE-SW (falha da Nazaré), cujo rejogo levou a que se diferenciassem vários domínios de sedimentação carbonatada marinha a Norte e a Sul. Assim, entre a Nazaré e Leiria desenvolveu-se, durante o Cenomaniano superior, um complexo de altos fundos com bioconstrucções de rudistas e/ou corais, passando a uma vasta área lagunar na região de Ourém. A Norte do eixo referido, estes domínios passavam a fácies carbonatadas e greso-carbonatadas com amonites, traduzindo um meio mais aberto às influências marinhas e limitado a oriente por planícies litorais e aluviais. O estudo estratigráfico efectuado foi acompanhado por uma revisão sistemática das faunas de amonites e inoceramídeos portuguesas, seguido de uma análise biostratigráfica, conducente ao estabelecimento de um quadro biozonal. Também os povoamentos macro-bentónicos das duas áreas foram estudados do ponto de vista paleobiológico e ecozonal (variações espaciais e temporais das numerosas associações fósseis reconhecidas, na sua maior parte compostas por corais, gastrópodes, bivalves, briozoários, equinídeos, serpulídeos e crustáceos decápodes). Todos estes dados foram, por fim, conjugados com vista à elaboração de diversas cartas paleobiogeográficas, reconstituído a evolução espaço-temporal da região estudada durante este intervalo do Cretácico superior, caracterizado pela permanência do domínio marinho em grande parte do actual território português.
Description: Tese de doutoramento em Geologia (Estratigrafia e Paleontologia) apresentada à Fac. de Ciências e Tecnologia da Univ.de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/1780
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FCTUC Ciências da Terra - Teses de Doutoramento

Show full item record

Page view(s) 20

496
checked on Jul 7, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.