Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/17044
Title: Cinética do comportamento da IgA salivar em resposta a um esforço de nado aeróbio intervalado
Authors: Redondo, Claúdia João Santos Carriço Louro 
Orientador: Rama, Luís
Keywords: Vias energéticas; Natação; Sistema imunitário
Issue Date: 2005
Abstract: O trabalho que se segue pretendeu averiguar qual o comportamento da sIgA e da srIgA como resposta ao exercício físico em nado aeróbio ligeiro intermitente, de forma a determinar se este pode condicionar a susceptibilidade do sistema imunitário. A amostra foi constituída por doze nadadores de nível competitivo nacional, com média de idades 17,03±0,89 anos, com um volume de treino médio anual 1450±70,71 km, e com 7,08±1,16 anos de competição. O protocolo definido consistiu na realização de um esforço com características de nado aeróbio, onde se cumpriam cinco séries de nado percorrendo-se em cada uma delas 400metros, sendo que o intervalo de descanso entre séries foi de 45 segundos. Foram recolhidas seis amostras de saliva: a primeira, antes do aquecimento; a segunda 15minutos após o teste; a terceira, 1,5h; a quarta 2,5h depois do término do protocolo; a quinta, na manhã do dia seguinte (cerca das 7:30 a.m.) e a sexta, 24h pós-teste. Assim como micro-amostras sanguíneas para determinação do lactato, registada a frequência cardíaca, a frequência gestual e a percepção do esforço, através da escala CR10 de Borg. A análise estatística foi realizada através do Teste de Wilcoxon (método estatístico Não-Paramétrico), estabelecendo um nível de significância de 0,05. Através da análise do comportamento dos níveis de sIgA e da srIgA, observamos um aumento significativo (p<,05) entre o pré e o pós teste de quase 50%. De seguida registou-se uma descida dos valores de sIgA até às 1,5h pós-teste o que indicou uma depressão do sistema. No entanto nas 2,5h pós-teste os valores voltam a registar um aumento e uma recuperação, apesar de ligeiro. Os dados obtidos na manhã seguinte indicam um claro reforço da sIgA com um aumento significativo (p<,05) em relação aos valores encontrados no pré-teste. Após 24h da aplicação do protocolo a sIgA revelou níveis muito similares aos registados no primeiro momento de recolha. Os resultados obtidos levam-nos a pensar que, em resposta ao exercício de nado aeróbio intermitente, o sistema imunitário é estimulado. Mas que no período que decorre entre a 1,5h e 2,5h pós-teste, os resultados indicam uma depressão no sistema imunitário, o que poderá tornar os indivíduos mais susceptíveis às infecções do tracto respiratório superior, durante esse período. Na manhã seguinte os valores indicam uma recuperação e reforço do sistema imunitário. Após 24 horas da realização do esforço os valores da sIgA são similares aos registados no primeiro momento da investigação.
Description: Dissertação de licenciatura apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física.
URI: http://hdl.handle.net/10316/17044
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat
apresentação e discussão dos resultados - final.pdf255.23 kBAdobe PDFView/Open
anexos.pdf261.9 kBAdobe PDFView/Open
capa + agrad+ind+resumo.pdf182.38 kBAdobe PDFView/Open
Trabalho final.pdf716.59 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

167
checked on Jan 21, 2020

Download(s) 5

2,897
checked on Jan 21, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.