Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/10613
Title: Utilização da Variabilidade da Frequência Cardíaca na Monitorização do Treino de Remadores de Elevado Rendimento Durante uma Época Desportiva
Authors: Baptista, José Miguel Parente 
Orientador: Teixeira, Ana Maria Botelho
Rama, Luís
Keywords: Frequência cardíaca; Remo; Monitorização do treino; Testes
Issue Date: 2008
Abstract: A Variabilidade da Frequência Cardíaca (HRV) tem vindo a crescer de interesse enquanto parâmetro caracterizador da eventual adaptação dos indivíduos à carga de treino. Neste estudo pretendeu-se analisar a HRV em Remadores de Elevado Rendimento Desportivo na época de 2006/2007. A amostra deste estudo foi constituída por 12 atletas praticantes de Remo, sendo que, 9 atletas eram do género masculino e 3 atletas do género feminino, com uma média de idades compreendidas entre os 18 e os 27 anos (M=22,2; Dp=2,6). A análise da HRV foi realizada em quatro momentos durante a época. Em cada momento da recolha de dados, esta era realizada antes do primeiro treino da semana, em momento controlado. Diversos estudos realizados nesta área apontam para que a HRV diminua com o aumento da magnitude da carga de treino e que aumente quando à uma redução do volume e da intensidade da carga de treino, podendo constituir um bom indicador da condição física do atleta, ao nível do cansaço físico, para a competição. As principais conclusões deste estudo, dizem que as variáveis da HRV do domínio tempo demonstram que os atletas estavam bem preparados fisicamente para a competição, devido ao facto de haver uma tendência geral de descida de todas os parâmetros antes da competição, podemos dizer que houve uma elevação da HRV, podendo afirmar que corresponde a um domínio do Sistema Nervoso Parassimpático. Contudo as variáveis do domínio frequência apresentam o contrário, estando os valores das altas frequências mais baixos do que no período basal, assim como a razão entre as baixas e as altas frequências corroboram com isto, pois apresentam valores superiores aquando o primeiro momento, o que demonstra que as baixas frequências são superiores às altas, existindo assim um maior domínio do Sistema Simpático sobre o Parassimpático.
URI: http://hdl.handle.net/10316/10613
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Vários

Show full item record

Page view(s)

186
checked on Jul 15, 2019

Download(s) 50

232
checked on Jul 15, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.