Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/10363
Title: Variação dos Parâmetros Hematológicos em Nadadores de Elevado Rendimento Desportivo de Acordo com o Processo de Preparação
Authors: Marques, Carlos Alberto Serra 
Orientador: Teixeira, Ana Maria
Rama, Luís
Keywords: Natação; Hematologia; Carga de treino; Nadadores
Issue Date: 25-Jun-2009
Abstract: II RESUMO O presente trabalho foi realizado no âmbito da disciplina de Seminário, integrada no 4º ano da Licenciatura em Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra, no ano lectivo de 2006/2007, tendo como objectivo analisar se os parâmetros hematológicos (PH) em nadadores de elevado rendimento desportivo sofrem alterações de acordo com o processo de treino. A amostra foi constituída por 19 atletas praticantes de Natação Pura Desportiva, sendo que, 6 atletas eram do género feminino e 13 do género masculino, apresentando uma média de idades de 16,5 anos (± 1,35). Todos os atletas praticaram programas de treino idênticos pertencendo aos escalões Juniores e Seniores da Federação Portuguesa de Natação (FPN). Para avaliar a variação dos PH ao longo das 29 semanas em que decorreu o estudo, foram recolhidas amostras de sangue para análise laboratorial (hemogramas) em cinco momentos particulares do processo de treino onde ocorreu uma variação importante da carga de treino, tendo também, as cargas de treino sido registadas todos os dias. Com os dados recolhidos e após o seu tratamento estatístico recorrendo à utilização do programa SPSS 15.0, podemos retirar os respectivos valores, tabelas e gráficos que nos permitiram discutir os diversos resultados alcançados. A partir dos quais, podemos verificar que enquanto no pico de volume de treino se verificou um aumento da quantidade global de leucócitos, do volume corpuscular médio, do volume plaquetar médio e do plaquetócrito, por sua vez, no pico de intensidade, esse aumento verificou-se a nível da quantidade de linfócitos, do volume corpuscular médio e da amplitude de distribuição eritrócitária. Em síntese, através do presente estudo podemos verificar que na verdade os PH dos atletas ao longo do treino sofreram alterações significativas em função do diferente tipo de carga a que estão sujeitos, nomeadamente, ao aumento ou diminuição do volume e intensidade da carga de treino.
Description: Disponível em suporte de papel na Biblioteca da FCDEF/UC
URI: http://hdl.handle.net/10316/10363
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Vários

Show full item record

Page view(s)

161
checked on Jul 15, 2019

Download(s)

98
checked on Jul 15, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.